Já pensou viver com peças de roupas reduzidas e mil e uma combinações?

19:49

Olá pessoal, tudo bom com vocês?

Se tem uma coisa que eu aprendi desde pequena é doar roupas. É um habito e não soa para mim como caridade de final de ano, é algo normal. Abrir lugar para coisas novas, como diz mainha. Eu sempre ganhei roupas das minhas primas e sempre passei para frente aquelas que não davam mais em mim, não vejo vergonha em falar nisso. Com a gravidez, algumas peças ficaram pequenas para mim, o que é totalmente aceitável, outras eu percebi que mesmo sendo de um tamanho maior eu não as usaria durante a gestação. Separei o que não me agradava mais e doei.



Depois de ficar com um armário super reduzido, percebi que existiam mais peças que não me serviam e desapeguei de mais. Nesse período conheci a ideologia do Armário Capsula, que consiste em ficar com 37 peças no guarda-roupa para a estação e aprender a se virar com elas. O que eu achei mais interessante na proposta é aprender a fazer combinações e comprar apenas no necessário para montar o armário (após as 37 peças não são aceitas mais compras, salvo problemas graves como queimar a peça ao passar). Não pretendo adotar totalmente a ideologia para mim neste momento onde meu corpo passa por infinitas alterações, mas pretendo dar mais usabilidade ao que eu tenho no armário.

Pesquisei bastante sobre o tema, contei para algumas amigas a ideia e todas adoraram o que prega o Armário Capsula. Fiz um painel no Pinterest com várias inspirações achadas por lá para aprender a viver com poucas peças fazendo um bom uso delas. Nada de ter roupa encalhada no guarda-roupas que você só usa no Natal, né?

Estou cada vez mais fascinada com a possibilidade das combinações, já vi cada coisa inspiradora, que estou contando os minutos para fazer compras pontuais e aprender a viver (feliz) com o que eu tenho. Alguém já fez uma reflexão sobre isso? Por diversas vezes eu compro roupas que não sei combina-las com outras peças e ficam lá, perdidas no guarda-roupa de Nárnia. Acontece com você?

Estou pensando em vários desafios para mim mesma ao longo da readaptação do meu corpo (será que volto a usar 34?) e a refazer o meu olhar com o meu guarda-roupas. Espero ter vocês ao meu lado nessa empreitada, hein?

Beijinhos,

Geo

Você também poderá gostar

7 comentários

  1. Já disse que amei esse post né? Todo redondinho! <3 <3

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre tive a mania de tirar as roupas que eu não uso para doar, sempre fiz, eu costumo falar que as coisas que eu não uso e que ficam guardadas no meu guarda-roupas me incomodam, então esse negócio de desapegar não é problema pra mim. Eu queria muito aprender as fazer várias combinações com as peças que eu tenho, não sou muito criativa nesse aspecto, queria até fazer um curso que abordasse esse tema, porque na verdade, eu também tenho vontade de viver com o que eu tenho e reduzir um pouco o consumismo, o bolso do marido agradece, rsrs.
    E por experiência própria, você vai voltar a usar 34.
    Beijos!

    www.vanviroumodinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aprender a fazer combinações juntas!
      Beijinhos e continue acompanhando as postagens aqui.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu blog parabéns, nossa é um desafio e tanto esse de ficar com apenas 37 peças eu não sei que consigo não hashashahsahshahs, e quanto a você voltar a usar 34 sim tenho certeza que ira, eu sou mãe na minha gravidez engordei 22 quilos e voltei a usar minhas roupas e detalhe hoje uso um numero a menos por que emagreci um pouquinho a mais depois que minha filha nasceu um beijo vou te visitar na fan page.
    http://clarissefroner.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clarisse, seja muito bem vinda!
      Olha, eu também pensava que não seria capaz de sobreviver com apenas 37 peças, mas olhando direitinho, é possível sim! hahaha
      Sobre o corpo: estou ansiosa para saber como ficarei!!!
      Beijinhos,
      Geo

      Excluir