O que deixarei para trás

22:19

Olá pessoal

Fim de ano é tempo de reflexão não é? A gente para e começa a pensar que janeiro foi ontem e que muita coisa mudou. Alguma delas conforme os nossos planos, outras dependendo das vontades alheias. O que importa é que a terra está completando mais uma volta em torno do sol e em 2015 muita coisa vai mudar, você querendo ou não! Nem que seja a troca de novelas no horário nobre, tudo muda, você vai ver.

Nesse período reflexivo decidi listar as coisas que quero deixar no ano de 2014 e começar 2015 só vibrando amor e paz. Vamos conferir a lista? São apenas 5 pratos que quero quebrar e deixar no passado (que poderiam ser bem mais, vai).



Preguiça 
Acreditam que o meu pai me chamava de "Rainha da Preguiça"? Acho que agora é a hora de virar do avesso e ter menos preguiça. Controlar mais ainda o meu tempo e com essa organização, ter mais energia e vontade para fazer tudinho que me for proposto.

Sentimentos ruins
Infelizmente em 2014 fui prejudicada profissionalmente por atitudes vazias de gente sem coração. Graças ao meu bom Deus as coisas deram a volta por cima, mas gostaria muito de tirar o rancor do meu coração. Que os sentimentos ruins que este ano me proporcionou, fiquem no dia 31 de dezembro de 2014 e não ultrapassem a barreira do novo ano.

Reclamações
Pode não parecer, mas eu reclamo pra caramba! Reclamo do ônibus que atrasa, da roupa que fica grande em mim (alô torcida do PP e do nº 36, aquele abraço!), reclamo do frio, do calor, da falta de dinheiro, da minha mãe que reclama demais. Por diversas vezes eu esqueço que tenho uma cama quentinha, uma roupa mesmo que grande, a capacidade de pensar e de trabalhar para correr atrás dos meus sonhos. Quero deixar as reclamações - em excesso - presas  em 2014.

Medos
O medo faz parte da vida de todo mundo certo? Em certos momentos o meu perfeccionismo fora do normal faz com que o medo de errar tome conta de mim. As vezes eu acredito que o medo pode ser o gás para nos levar à vitória, mas não podemos ser reféns do medo, fazer dele uma meta a ser superada e não algo que nos deixe acuados. Quero deixar o medo do fracasso em 2014, até porquê errar faz parte do crescimento de cada um (mas que eu erre menos, rs).

Ansiedade
Gente, vocês não têm a noção do quão ansiosa eu sou. Marque algo comigo para daqui há 6 meses eu eu já tenho todos os planos traçados até o dia. Ser planejada é bacana, mas tira o brilho de ser surpreendida por algo que não dá certo, ou não permite que algumas coisas saiam da rota do planejamento (o que acontece com frequência e me deixa super irritada).

Essa postagem faz parte da blogagem coletiva que o grupo Rotaroots propôs para o mês de dezembro. O grupo é super legal e visa o resgate da blogosfera "oldschool", dos velhos tempos.

Você também poderá gostar

1 comentários

  1. Tem tantas coisas que eu pretendo não levar para 2015. Quero ficar distante de sentimentos ruins, da preguiça que me persegue hehe. Amei, beeijos

    http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir